O futuro da rede social

Por Tatiana de Mello Dias

O cotidiano hoje já é filtrado pelo compartilhamento e vemos atráves das redes sociais, e a vida conectada deve ficar ainda mais superexposta com novos apps e ferramentas. Por que não conseguimos deixá-las?

SÃO PAULO – Passei a segunda-feira no parque. O céu estava limpo em São Paulo. Sossego completo, mas o celular estava no bolso. Os dedos coçaram para postar uma foto no Instagram, consequentemente no Facebook e ter a receptividade instantânea daquilo que estava acontecendo comigo sozinha naquele momento. Postei. O que é essa força estranha?

“As redes sociais expandem nossa capacidade de fazer conexões e, portanto, de ocupar a própria mente”, diz o sociólogo . “Depois da imprensa, foi a maior transformação em nossa maneira de entender e se fazer entendido, visualizar e se tornar visível. É uma transformação radical não só sobre a situação do corpo no mundo, mas sobre a relação entre pensamento, cultura, educação, capacidade de processamento.” Continuar lendo